FANDOM


Conceptual Manipulation.jpg

IntroduçãoEditar

A manipulação conceitual é o poder que garante o controle sobre os conceitos. Para entender isso é necessário entender o que um conceito significa, de foma geral um conceito é a representação abstrata e universal de alguma coisa que existe ou é dita, naturalmente o conceito existe independente daquilo que ele representa.

Conceitos representam o todo de algo e quanto mais abrangente for o conceito, ou seja quanto menos específico seja o conceito, mais coisas ele pode abranger. É por isso que destruir o conceito de tempo é superior a destruir o conceito de tempo de um único eixo de tempo, pois o conceito de tempo representa o tempo como um todo e não apenas uma delimitação dele.

Conceitos são ligados àquilo que eles representam e nada mais, caso um conceito seja destruído apenas aquilo que ele representa será destruído também, a menos que o conceito do objeto seja alterado para não estar mais ligado a um antigo conceito, sendo assim nem sempre esse tipo de técnica será útil. Digamos que alguém controla o conceito de asas e o destrói, caso o oponente não seja dependente desse conceito então de nada valerá esse tipo de poder.

De forma geral a Manipulação Conceitual é um poder que varia muito de utilidade, pode ser tanto útil como inútil em um combate e portanto deve se pensar duas vezes antes de depositar a vitória em um combate por um personagem ter esse poder, tudo vai depender da abrangência desse conceito e de quais formas o usuário pode controlar tal conceito. Sendo assim por este motivo muitos comparam a Manipulação Conceitual como sendo apenas uma Manipulação da Realidade delimitada a algo em específico.

TiposEditar

Tipo 1: Criação ConceitualEditar

TRV4x9s.png

Esse é o poder de se criar um novo conceito, com essa habilidade se é possível criar algo e atribuir um conceito a esse algo. Antes do conceito existir não se pode dizer que esse algo existia, mas note que a descoberta ou atribuição de um conceito a algo não equivale a criação do conceito desse algo.

Tipo 2: Destruição ConceitualEditar

É o poder de se destruir um conceito, deve-se notar que tal poder apenas tem utilidade sobre o conceito pré-determinado, nunca deve-se dizer que um personagem pode destruir qualquer conceito apenas porque já destruiu algum conceito antes. Ao se utilizar dessa técnica tudo o que o conceito destruído representa também é destruído.

Tipo 3: Transcendência ConceitualEditar

GC5TJp0.png

Esse é o poder de se estar além de um conceito, seres com esse poder são potencialmente imunes a manipulação de tal conceito, sendo assim conseguem existir mesmo que o conceito em questão seja destruído.

Tipo 4: Troca de ConceitosEditar

Esse poder é a real chave para que a Manipulação Conceitual sempre seja útil, ela se usada em conjunto com os outros três tipos torna a Manipulação Conceitual quase sempre muito poderosa. Este tipo simboliza o poder que alterar o conceito que determina alguma coisa, por exemplo seria como se o a vida não fosse mais determinada pelo conceito de vida e sim pelo conceito de cores e então o conceito de cores seja destruído acabando assim também com toda a vida. Sendo direto esse poder representa a capacidade de ligar algo a algum conceito, por isso um usuário dos outros três poderes seria muito poderoso caso usa-se isso também visto que ele poderia criar um novo conceito, se tornar transcendente a ele e então ligar o novo conceito a tudo o que existe e logo em seguido destrói o novo conceito.

UsuáriosEditar

  • Lucemon e Leviamon.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória