FANDOM


Death battle.jpg

Introdução

Através de um ano muito ativo nas comunidades de debates (Não de uma forma gigantescamente ativa, mas ativa ao máximo que pude) eu pude ver muitas pessoas com opiniões diferentes, métodos de análises que entram em conflito e um ódio muito grande por alguns sites e análises. Tentando não trazer um ódio contra essa Wikia eu decidi trazer esse blog que tem como objetivo principal esclarecer decisões que possam serem tomadas para o desenvolvimento da Wikia Infinitas Guerras principalmente em relação a Hierarquia. Note que no momento isso ainda é apenas um blog normal de um membro da Wikia, nada aqui deve ser levado como sendo uma decisão para toda a Wikia (Por enquanto) e muito menos deve ser usada para odiar a Wikia caso você não concorde. Não existe sistema perfeito, certo ou errado na minha opinião, o que existem são sistemas mais diversificados e mais detalhados que desse modo permitem uma aceitação maior pela maioria. O que trago aqui é APENAS A MINHA OPINIÃO.

Hierarquia: Como fazer comparações

Hierarquia.jpg

Isso é algo comum, se você tenta comparar dois personagens de universos diferentes já chega alguém dizendo coisas como:

Cara, pra que isso ? Os dois são de universos diferentes, são heróis, eles não tem para que enfrentarem um ao outro. Isso nem mesmo faz sentido.



Eu venho aqui para falar "Não importa". Sinceramente eu não consigo achar um bom motivo para comparações não serem algo permitido ou lógico a se fazer, mas claro que é preciso de um modo para se fazer isso.

É errado dizer que é impossível se comparar algo apenas por causa dos formatos. Pegue por exemplo um arquivo de áudio e um arquivo de imagem. Ambos são tipos de arquivos diferentes, com características diferentes sendo assim é impossível descobrir qual é superior ao outro correto ? Bem pode-se dizer que sim em qualidade, mas podemos dizer que não em relação a superioridade em relação a quantidade de dados.

Claro, podem ser diferentes, mas ainda é o mesmo tipo de espaço ocupado então se pode analisar livremente quantas vezes um arquivo X é superior ou inferior a um arquivo Y. Pronto, já encontramos uma forma de poder comparar duas coisas "completamente" diferentes, agora a questão é descobrir qual seria o tipo de "quantidade de dados" para comparar personagens. A resposta é simples, quantidade de Energia.

A ficção é recheada de versatilidade, temos seres capazes de correr a altas velocidades, causar tempestades, mover montanhas, criar buracos negros e muito mais. Mas uma coisa que todas essas coisas tem em comum é que todas necessitam de energia para funcionar. Sendo assim podemos calcular todo o tipo de feitos e encontrar a energia necessária para esse feito ser possível, então colocamos a energia em questão como base para estabelecer a hierarquia do personagem.

Ao mesmo tempo quero que fique claro que nem toda a energia pode ser repassada para uma versatilidade. Sendo assim podemos descobrir a energia que alguém usou para mover montanhas, mas não usamos essa energia para descobrir sua velocidade ou que ele use para criar matéria caso ele possa. Apenas podemos partir da versatilidade para a energia e nunca da energia para a versatilidade (A menos que exista um bom motivo para isso, como usar energia cinética nos dois eixos para personagens 100% velocistas). Por esse motivo temos a aba de poderes e habilidades para fazer um ranking da versatilidade dos personagens e como ela pode ser usada. O que uma tabela hierárquica faz é apenas dividir em níveis quantidades de energia que partem do 0 até o infinito. No fim reclamar que uma certa tabela privilegia um personagem, acaba nerfando outro e coisas do tipo é algo completamente sem sentido de se falar. A energia dos feitos do personagem vai acabar sendo a mesma independente do sistema hierárquico, a única forma de um personagem acabar sendo mais forte pelo mesmo feito é caso a antiga analise do feito esteja errada ou caso as análises diferentes usem físicas diferentes (Como física Relativista ou newtoniana). Sendo assim não há motivos de se reclamar porque um certo personagem parece mais forte que antes mesmo analisando o mesmo feito, a causa disso é a incompetência dos que analisaram antes em relação aos que vieram depois.

Tudo o que pode ser feito em um sistema de hierarquias é tornar ele mais agradável a quem ler, tudo o que podemos fazer é dar sentido a algumas palavras, tudo o que precisamos fazer é entregar um bom significado.

Logo-meaning-conference-colour.png

Sendo assim agora vou explicar quais os motivos que levaram a mim escolher fazer a tabela de energia como está agora.

Hierarquia: Explicações da Tabela parte 1

As primeiras partes da tabela são mais fáceis para se achar, para isso basta utilizar uma calculadora de bombas (Por algum motivo temos várias calculadoras para isso) ou utilizar as formulas da página de explosões (Ainda não temos uma, mas pode usar como base a da VsBattles que é incrível).

Os dados tem em sua maioria seus créditos dados a Antoniofer da VsBattles, a página de Ordem de Magnitude da Wikipedia Abaixo de um Humano Médio (Inferior a 4 Joules): Energia inferior a uma caloria

Humano Médio (Acima de 4 Joules): Energia aproximada de uma caloria.

Atleta (Acima de 360 Joules): Energia cinética de 800 gramas a 30 metros por segundo. A velocidade mínima para atletas masculinos lançadores de dardos

Super-Humano (Acima de 800 Joules): Energia para se carregar um homem padrão de 800 quilogramas a 1 metro de altura do solo na Terra.

Parede : Energia para se fragmentar 625 centímetros cúbicos de rocha.

Quarto ou Pequeno Edifício : O tamanho de uma quadra de tênis, do tamanho de uma quadra de voleibol, a área de uma típica casa de três quartos, etc ( Até a classe dos astros todos os outros níveis levam credito ao Antoniofer da VsB). No geral uma explosão de raio de pelo menos 4.8 metros.

Edifício : A superfície de uma piscina olímpica. No geral uma explosão de raio superior a 17,7 metros

Grande Edifício = Uma área de campo de futebol americano, uma área de campo de Futebol, uma área de campo de beisebol , A Basílica de Santa Sofia. No geral uma explosão com um raio superior a 35,5 metros.

Quarteirão = Uma área de campo de Críquete, um quarteirão comum de Manhattan, a área da Pirâmide do Sol. No geral uma explosão de raio superior a 62,5 metros.

Multi-Quarteirão = Área da Grande Pirâmide de Gizé. No geral uma explosão com mais de 130 metros de raio.

Pequeno Vilarejo = A Cidade do Vaticano, O Pentágono. No geral uma explosão com mais de 280 metros de raio.

Vilarejo = A Cidade de Londres. No geral uma explosão com mais de meio quilometro de raio.

Grande Vilarejo = As ilhas menores da Oceania , Machu Picchu. No geral uma explosão com mais de 1,3 quilômetros de raio.

Pequena Cidade = Nauru , Ilha de Manhattan. No geral uma explosão com mais de 2,7 quilômetros de raio.

Cidade (5 - 12,5 km) = Teotihuacan (min), Taipé, Disney World, Paris (centro da cidade), Washington D.C., Hollywood, Brooklyn. No geral uma explosão com mais de 5 quilômetros de raio.

Montanha = Andorra , Los Angeles, Hong Kong, Tóquio. No geral uma explosão com mais de 12,5 quilômetros de raio.

Grande Montanha = Luxemburgo (min), Ilha da Trindade. No geral uma explosão com mais de 28 quilômetros de raio.

Ilha = Jamaica, Bélgica, Porto Rico, Israel, Países Baixos, Parque Nacional de Yellowstone. No geral uma explosão com mais de 45,5 quilômetros de raio.

Grande Ilha = Áustria, Coréia do Sul, Coréia do Norte, Grécia, Grã-Bretanha, Cuba, Benelux. No geral uma explosão com mais de 130 quilômetros de raio.

Pequeno País = Filipinas, Japão, Espanha, Turquia, Alemanha, França. No geral uma explosão com mais de 280 quilômetros de raio.

País = Egito, Estado do Alasca, México, Groenlândia, Argentina, Índia. No geral uma explosão com mais de 535,6 quilômetros de raio.

Grande País = Austrália, Brasil, China, Estados Unidos da América, Antártica, a área de Plutão, Rússia, Canadá, América do Sul, Europa. No geral uma explosão com mais de 1300 quilômetros de raio.

Continente = África, A área da Lua, As Américas, Ásia. No geral uma explosão com mais de 2555 quilômetros de raio.

Multi-Continental = A Área de Marte, a área da Terra, a área de Neptuno. No geral uma explosão com mais de 4600 quilômetros de raio.

Hierarquia: Explicações da Tabela parte 2

A partir do nível Multi-Continental chegando em lua nós chegamos a um grande problema, a gravidade.

Pensem na ideia clássica da maça caindo na cabeça de Newton ou caso queiram experimentar joguem uma caneta para cima, ela vai cair pela gravidade. Corpos de grande massa exercem uma atração gravitacional. Com tanta massa mesmo se pulverizássemos um planeta apenas iriamos deixar apenas uma grande quantidade de pó reunida. Graças a atração gravitacional tudo iria permanecer no mesmo campo gravitacional.

Mas como todos sabemos a maioria dos feitos envolvendo planetas isso não ocorre, se isso acontece é porque parte da energia liberada pelos personagens é usada para cancelar a ligação gravitacional. O nome cientifico disso é "Energia de Ligação Gravitacional" (Do inglês GBE que significa Gravitational Binding Energy).

Por esse motivo não podemos usar os multiplicadores comuns que encontramos na página de Cálculos, para isso devemos superar o GBE do astro em questão que é dado por U = (3 x G x M²) / (5 x R). Podem notar que o GBE é muito acima da energia para se vaporizar algo na maioria das vezes, sendo assim apesar da formula correta ser GBE + Energia para destruir na maioria dos casos podemos resumir isso apenas para GBE.

Por esse motivo tomamos como base o cancelamento de forças para o nomear o nosso nível de astros. Existe uma em um site especializado para isso, mas para usar ela você precisa da aceleração da gravidade (Dado por g = (G x M) / R² ) e você pode conseguir isso usando essa outra calculadora. Agora que sabemos disso vamos ver as bases para nosso sistema de Hierarquia. (Usarei uma base decimal de duas casas quando iremos inserir os valores).

Lua: Usamos como base a nossa lua que tem uma massa de 7,34e+22 quilogramas e um raio de 1737000 metros.

U = (3 x 6,67e-11 x 7,34e+22 x 7,34e+22) / (5 x 1737000)

U = 1,24e+29 Joules.

Pequeno Planeta: Usamos como base o planeta Mercúrio, o menor do sistema solar, que tem massa de 3,28e+23 quilogramas e um raio de 2440000 metros.

U = (3 x 6,67e-11 x 3,28e+23 x 3,28e+23) / (5 x 2440000)

U = 1,76e+30 Joules.

Planeta: Usamos como base o planeta Terra, nosso lar, e que tem massa de 5,92e+24 quilogramas e um raio de 6371000 metros.

U = (3 x 6,67e-11 x 5,92e+24 x 5,92e+24) / (5 x 6371000)

U = 2,2e+32 Joules. (O valor não bate exato com o dado pela SD.net porque eles fizeram um cálculo considerando uma diferença de densidade no planeta para achar algo mais realista. De todo o modo permanece na mesma ordem de grandeza de 10³² então não muda muita coisa).

Grande Planeta: Usamos como base o planeta Urano, um dos maiores planetas do Sistema Solar, que tem uma massa de 8,68e+25 quilogramas e um raio de 25362000 metros.

U = (3 x 6,67e-11 x 8,68e+25 x 8,68e+25) / (5 x 25362000)

U = 1,18e+35 Joules

Estrela Anã: Usamos como base a estrela anã marrom OTS 44 que tem uma massa de 2,98e+28 quilogramas e um raio de 160100000 metros.

U = (3 x 6,67e-11 x 2,98e+28 x 2,98e+28) / (5 x 160100000)

U = 2,21e+38 Joules.

Pequena Estrela: Usamos como base a estrela anã vermelha conhecida como Estrela de Van Biesbroeck's que tem um raio de 70961400 metros e uma massa de 1,48e+29 quilogramas.

U = (3 x 6,67e-11 x 1,48e+29 x 1,48e+29) / (5 x 70961400)

U = 1,23e+40 Joules.

Estrela: Usamos como base o nosso Sol que tem uma massa de 1,98e+30 quilogramas e um raio de 695700000 metros. U = (3 x 6,67e-11 x 1,98e+30 x 1,98e+30) / (5 x 695700000) U = 2,25e+41 Joules.

Grande Estrela: Usamos como base Rígel, a estrela mais brilhante da constelação de Orion e a sétima mais brilhante do céu, que tem massa de 3,58e+31 quilogramas e 54290000 metros de raio.

U = (3 x 6,67e-11 x 3,58e+31 x 3,58e+31) / (5 x 54290000)

U = 9,44e+44 Joules.

A partir disso chegamos em mais um problema. Todos os níveis até então apresentados são baseados em energia para destruir objetos com uma massa específica praticamente igual a sua densidade. No entanto para Sistema Solar e acima chegamos a grandes espaços totalmente vazios por onde a energia deve percorrer. Como a energia se dissipa através do espaço podemos utilizar a Lei do Quadrado-Inverso onde temos uma razão entre a energia pela área da explosão (Ou seja, Razão = Energia liberada / 4 x Pi x Raio²). Essa razão deve ser multiplicado pela Área Frontal do que vai ser destruído (Isso é definido por Pi x Raio²) para então chegarmos a formula: Energia Liberada = Energia para Destruir o alvo x 4 x (Raio da Explosão²/Raio do Alvo²). Sendo assim vamos ver como destruir nosso sistema solar e além.

Sistema Solar

Para isso vamos considerar umas coisas:

  • A explosão tem como origem o Sol.
  • A explosão vai se expandir até Netuno e Destruir.

Energia total = Energia para se destruir Netuno + Energia para se Destruir o Sol

Energia Total = 2,25e+41 + [1,62e+34 x 4 (4,498e+12 / 24622000)^2

Energia Total = 2,16e+45 Joules. Pronto, essa seria a energia para se destruir nosso Sistema Solar.

Multi-Estelar

Para isso vamos considerar umas coisas

  • A explosão vai partir da metade da distância de Próxima Centauri e a Terra, ou seja uma explosão que tem 2e+16 metros de raio.
  • Como Próxima Centauri tem um GBE inferior ao do Sol então iremos tomar como padrão uma explosão que destrua o Sol.

Energia total = 2,25e+41 x 4 x (2e+16/695700000)^2

Energia Total = 7,43e+56 Joules.

Pequena Galáxia

Usaremos como base a menor galáxia com um buraco negro massivo a M60-UCD1.

  • A explosão deve partir do centro da galáxia tendo um raio de 7,47e+17 metros e usaremos como padrão a destruição do Sol.
  • O Buraco Negro deve ser totalmente destruído. Sabemos que a massa dele é de aproximadamente 4,17e+37 quilogramas, no entanto não temos valores oficiais do raio desse buraco negro, sendo assim o menor valor deve ser com base no raio de Raio de Schwarzschild, aplicando em uma calculadora apropriada (Ou simplesmente aplicando r = Massa x 1,48e-27) chegamos ao resultado de 61716000000 metros. Aplicando na formula de GBE de Buracos Negros que você consegue na página de Cálculos você chega a um GBE de aproximadamente 1,12e+54 Joules.

Energia Total = 1,12e+54 + 4 x 2,25e+41 x (7,47e+17/695700000)^2

Energia Total = 1e+60 Joules.

Galáxia

Usamos como padrão a nossa galáxia, para isso devemos usar como base as seguintes afirmações:

  • A explosão deve ter um raio igual ao raio da Via Láctea que de acordo com últimos dados tem 60.000 anos luz, que equivale a 5,67e+20 metros.
  • A explosão deve destruir um Sol ao chegar no limite da galáxia.
  • A explosão deve destruir o Sagittarius A* o Super Buraco Negro que existe no centro da galáxia que tem um raio de 1,27e+10 metros. Aplicando na nossa calculadora de GBE de buracos negros nesse tamanho chegamos a um GBE de 2,28e+53 Joules.

Energia total = 2,28e+53 + 4 x 2,25e+41 x (5,67e+20/695700000)^2 Energia Total = 5,97e+65 Joules.

Grande Galáxia

Usamos como padrão a explosão da galáxia de Andromeda que tem um raio de 1e+21 metros e ela deve seguir as seguintes condições:

  • Deve destruir o buraco negro que vive no centro da galáxia de Andromeda, ele tem uma Massa solar desconhecida, mas ela deve variar entre11 a 23 bilhões de massas solares, por sugestão vamos usar uma média de 16,5 bilhões. Sendo assim ele tem um raio de 4.85e+12 metros. Sendo assim o GBE desse Buraco Negro deve ser 8,74e+55 Joules.
  • A explosão deve ter 1e+21 metros de raio e deve destruir um sol no seu fim.

Energia Total = 8,74e+55 + 4 x 2,25e+41 x (1,51e+21/695700000)^2 Energia Total = 4,23e+66 Joules

Multi-Galáxia

Usamos como base a destruição da Via Láctea e a Galáxia de Andromeda. A explosão deve atender os seguintes princípios:

  • Deve destruir a Galáxia De Andrômeda na Explosão, ela tem um GBE de 4,23e+66 Joules e Raio de 1,51e+21 metros.

Energia Total = 4 x 4,23e+66 x ( 1,16e+22 / 1,51e+21)^2

Energia Total = 9,98e+68 Joules.


Universal Para Cima

Todos os valores já foram discutidos aqui

Dimensionalidade: Introdução a Dimensões Superiores e Energia Dimensional

A forma matemática de demonstrar a diferença entre as dimensões é pela comparação de operações simples com objetos de dimensões diferentes. Desenhem um quadrado de 1 metro de lado. Ele vai ter uma área de 1 metro cúbico. Desenhem então "cubo" (Não é realmente um cubo, apenas uma simulação bidimensional das propriedades de um cubo) de 1 metro de lado. Ele vai ter 1 metro cúbico de volume.

Caso você divida ambos a razão vai ser de 1 metro, METRO. Como podem ver existe uma dimensão a mais nessa razão. Caso você divida a área de dois quadrados você vai achar quantas vezes um é superior ao outro, mas este valor vai ser dado de forma adimensional porque não existem dimensões a mais ou a menos entre eles.

No entanto comparação de personagens de dimensões diferentes levam um número "n" de dimensões multiplicando o valor adimensional. Qual a diferença para cada dimensão ? Simples algo além do infinito.

Até agora nós nomeamos uma quantidade infinita de energia, agora como irmos além? Sim ir além. Apesar de muitas pessoas falarem que é um absurdo transcender o infinito, isso só acontece porque elas tentam imaginar algo além do infinito ainda na mesma escala do dito infinito. Para se imaginar algo além do infinito você deve olhar para um plano acima, literalmente. Você observa isso quando tenta projetar uma energia bidimensional em um plano tridimensional.

Para você encontrar um valor tridimensional de algo você deve achar o produto de sua intensidade em três dimensões, como qualquer objeto bidimensional falta de uma terceira dimensão esse valor é substituído por 0. Mesmo que o objeto Bidimensional tenha uma força Infinito D² (Uma força bidimensional infinitamente grande) ele vai ter uma força 0 se for projetado em valores tridimensionais. Você pode ver isso ao tentar dividir qualquer coisa por infinito. Apesar de o valor acabar sendo infinitamente pequeno ainda vai existir a numeração dimensional ao lado dele para indicar que ele está um número "n" elevado a "x" vezes acima de um fator adimensional comum.

A diferença "simbólica" entre seres de dimensões superiores é a mesma que a de comparar um ser do mundo real como eu que estou escrevendo ou você que está lendo com um personagem ficcional. Não importa se tal personagem tem poder infinito, ele ainda vai ser superior a você. De modo "simbólico" podemos dizer que a diferença entre números de dimensões é como a diferença entre a ficção e a realidade.

Por favor, entendam que buracos negros, desenhos em papeis e coisas do tipo NÃO SÃO realmente bidimensionais, unidimensionais ou zerodimensionais. Apesar de longe quando desenhamos uma linha ela parecer 1D, quando desenhamos um quadrado ele parece 2D e realmente ser isso o aprendemos na escola, o que é dimensionalmente inferior é apenas o SIMBOLO em questão. O desenho em si de um quadrado, de uma reta ou do que você for desenhar ainda é tridimensional. O que acontece é que as outras dimensões deles são tão pequenas que a olho nu não podemos ver. Isso é explicado a partir da ideia de compactação e é usado até mesmo na Teoria das Cordas, os desenhos parecerem inferiores é apenas um exemplo de compactação física (Quem nunca teve um lápis não muito bem afiado e fazia uma letra "borrada" por causa da ponta ? É um exemplo de que não deu para haver uma boa compactação dimensional.). Exemplos mais "reais" de coisas literalmente bidimensionais ou unidimensionais é a silhueta do desenho (Não o desenho em si) ou sombras.

Sendo assim não existe um real motivo para não se aplicar a ideia das dimensões aqui... Ou melhor... existe, mas vamos deixar para rebater ele depois. Sobre as hierarquias dimensionais você pode haver um valor finito ou até infinito em cada plano dimensional e existem infinitas dimensões. A forma que você pode hierarquizar elas é literalmente infinita.

Como melhor e mais conhecido exemplo existe Sistema Hierárquico usado pela VsBattle Wikia. No entanto a própria Wikia já apresenta falhas com ele. Não porque fazem errado com o sistema de dimensões, pelo contrário para mim ele é o melhor sistema, mas porque eles apenas especificam de forma boa a parte referente a energia tridimensional.

Toda a energia quadridimensional não universal está em uma única parte do sistema, High 3-A. A energia Universal e Multiversal está toda dividida em Low 2-C, 2-C, 2-B e 2-A. Ao mesmo tempo toda a energia 5-D está toda colocada em uma única hierarquia High 2-A e assim por diante em todos os níveis dimensionais. Chegamos a casos como a divisão 1-C que chega a compreender todos os níveis dimensionais de 7D a 9D e em casos extremos temos a divisão 1-B que compreende TODOS os níveis dimensionais finitos acima de 12D.

Não é um sistema ruim, pelo contrário o meu próprio sistema 3D é inteiramente baseado no sistema da VsBattle, mas a forma em que os personagens 4D para cima foram organizados torna a comparação as vezes impossível de ser dividida de maneira certa. Apesar de eu não saber calcular a energia para se destruir objetos quadridimensionais com valores dimensionais X, Y e Z ainda podemos tratar tais objetos como tridimensionais visto que raramente obras ficcionais são colocadas em uma tela em uma forma acima de 3D. Podemos equalizar o 3D para a visão deles como se eles fossem seres 3D, isso diminuiria o nível dimensional de seres abaixo proporcionalmente, mas serviria para se analisar estes personagens em específico.

Mas por favor notem que mesmo se um cálculo 3D der 100 Joules e um cálculo 4D der 100 Joules o ser 4D ainda vai ser mais que infinitamente acima que o ser 3D. Porque apesar de eu colocar 100 Joules são Joules quadridimensionais ao invés de tridimensionais, não compare os personagens apenas pela numeração adimensional, nunca se esqueça de comparar a quantidade dimensional. Um cubo de 2 metros cúbicos não é só duas vezes um quadrado de 1 metro, é duas vezes e uma dimensão de espaço a mais. Por isso LEIAM o estado dimensional do personagem antes de comparar a energia destrutiva. Comparar personagens sem olhar para o estado dimensional é como comparar um cubo com um quadrado, a numeração adimensional pode e vai te enganar se você não prestar atenção.

Isso pode dar um fim as duvidas sobre níveis dimensionais em relação a energia, agora vamos continuar.

Dimensionalidade: Velocidade

Formula básica de velocidade, assunto do nono ano do fundamental (Para mim pelo menos) : Velocidade = Variação do Espaço / Variação do Tempo.

É correto que a Variação de Espaço é dada por um valor unidimensional, mas mesmo nessa formula ainda devemos estarmos atentos a dimensionalidade.

Mesmo em velocidade ainda devemos prestar atenção no nível da dimensão, mesmo sendo "m/s" você precisa saber que a distância percorrida é a entre dois pontos em uma coordenada cartesiana de um número "n" de dimensões.

Distância entre dois pontos de um plano.png

Se você já está no ensino médio você já deve ter participado de um assunto chamado "Geometria Analítica", nesse conteúdo você aprendeu a calcular a distância entre dois pontos em um plano bidimensional. Você pode até mesmo ter usado apenas essa calculadora, mas eu acredito que você aprendeu que apesar de ser um plano bidimensional você estava tirando uma medida unidimensional.

Mesmo em nosso mundo o que fazemos com uma régua quando você tenta medir o seu tamanho é encontrar a distância unidimensional entre dois pontos do nosso plano tridimensional de existência. Sendo assim é verdade que qualquer ser dimensional pode ter uma velocidade, mas ela ainda vai depender do seu nível dimensional.

Um objeto 2D com velocidade 2D ainda vai poder apenas se deslocar em uma área 2D de um plano e caso seja transportado para uma distância 3D ele vai ser incapaz de se mover. Por isso existe o conceito de velocidade imensurável nessa Wikia. No caso ele deve ser adotado quando um ser com um número "X" de dimensões consegue se deslocar em uma distância entre duas coordenadas de um plano com um número de dimensões superior a esse "X".

Note que a velocidade imensurável é superior dimensionalmente a velocidade infinita, visto que enquanto a velocidade infinita é dada em Infinitos metros por segundo a velocidade imensurável é Metrosn por segundo onde n é o número de dimensões a mais. Sendo assim a velocidade imensurável é "metrosn-1" superior a velocidade infinita do plano dimensional do personagem em questão.

Note que a velocidade imensurável em questão pode sim ser mensurável por personagens de dimensões superiores, mas por normalmente haver falta de dados e envolver dimensões temporais em certos casos (Explicarei sobre isso mais tarde) então preferimos generalizar e colocar imensurável apenas.

Dimensionalidade: Tempo, resolvendo a consequência de Multiversal por destruir uma linha do tempo

Todos sabemos que já definimos a energia para se destruir um universo. Multiplicando isso por "X" vezes podemos encontrar valores Multiversais. Se multiplicarmos isso por uma dimensão também podemos chegar a valores dimensionalmente superiores. Ai que está, em uma linha do tempo convencional nós temos um sistema cartesiano espaço-tempo com três dimensões de espaço e uma dimensão de tempo. Você pode imaginar como um plano bidimensional colocando um eixo como sendo do tempo e outro eixo como sendo as três dimensões de espaço.

Coordenadas em um plano.gif

Apesar de você fazer um ponto nesse plano se lembre o que esse ponto representa. Muitos dizem que esse pensamento está errado porque o universo deveria incluir tudo. Esse plano cartesiano está posto em Volumes Universais-Menor Tempo sendo assim o ponto que vocês veem é apenas a já mencionada contração dimensional. O volume universal está ai, não se assustem. Agora a questão é, com quanto de tempo eu devo multiplicar a energia ? Em todo o vídeo, feito, etc você pode diminuir a velocidade e ver segundo por segundo, instante por instante. No caso o menor momento para você utilizar como base para multiplicar a energia pelo tempo é o limiar entre aconteceu e não aconteceu. Em uma escala de acontecimentos do universo, as forças da física só começaram a se definir após um instante de plank sendo assim esse deveria ser o menor tempo do universo, me parece uma boa estimativa para ser o real instante absoluto de um ataque.

Sendo assim vamos estimar quantas vezes a energia 4D de se destruir o universo deve ser usada para se destruir toda a história que ocorreu até agora.

GWtrvlH.png

Entenda que você não vai destruir apenas o ponto (1,6) e sim TUDO do ponto 6 até o 0 da Ordenada do plano cartesiano que estou usando como referência. Sendo assim devemos saber quantos instantes de plank tem o universo. No último link que mandei você descobre que um tempo de plank tem 1,35e-43 segundos e o universo tem aproximadamente 13,799e+9 anos que são 4,35e+20 segundos. Sendo assim a energia espaço-temporal para se destruir TODA a história do universo é 3,22e+63 s acima da nossa energia atual para se destruir o universo 4D de um instante. Isso torna um feito de destruir toda a história FACILMENTE a nível Multiversal.

Dimensionalidade: Camadas

DigitalWold e.jpg

O conceito de camadas é muito usado na ficção, normalmente ele significa um nível dimensional acima do abaixo normalmente.

A ideia é simples, em análises de camadas temos um lugar transcendendo outro lugar infinitamente grande. Sendo assim se um universo tem Infinitos metros cúbicos, a camada que transcende ele teria que ser a uma dimensão acima visto que a diferença está em uma escala completamente diferente assim como a diferença entre as dimensões.

É como acompanhar uma linha infinitamente grande e depois ir olhar além dela podendo agora ver uma outra linha infinitamente grande tendo as duas em conjunto uma dimensão a mais. Note que essa definição é apenas o padrão caso apenas se sabia que as camadas transcendem outras camadas infinitamente grandes. Caso tenha uma ideia e demonstrações que a diferença entre camadas é maior que de apenas uma dimensão isso pode ser aceito.

Dimensionalidade: Hiperdimensionalidade e Onipotência

Tópico complicado de se falar, mas vou tentar ser claro.

Existe o nível dimensional conhecido como Espaço de Hilbert. Esse é um espaço dimensional com um número infinito de eixos dimensionais.

Planos Hiperdimensionais seriam aqueles que não estão limitados pelo maior limite da física quântica conhecida, são totalmente transcendentais e independentes de noções dimensionais comuns (Tempo ou espaço).

Agora pense que esse ainda não é o limite. Claro, pense em uma reta agora, essa é uma 1HD, agora um quadrado que seria 2HD e assim por diante. Uma progressão crescente de camadas Hiperdimensionais crescendo e indo até um espaço HIlbertiano HD.

Agora pensem em uma Hiperdimensão para a Hiperdimensão e que cresça assim por diante, e que termine no mesmo loop.

Sim, são infinitos crescimentos transcendentais que transcendem infinitas dimensões e isso cresce até HHHHH....∞....HHHHHD e isso continua transcendendo e assim por diante. Sim é uma loucura, fisicamente não existe limites as possibilidades, apenas é difícil achar algum personagem na ficção que se enquadre a níveis tão grandes. Um problema é estabelecer o nível de um personagem HD para cima, afinal ele é acima de infinitos níveis dimensionais do que nossa energia mensurável então não podemos usar como uma boa base, além da extrema falta de feitos. Por isso apenas é mensurado 1-C para seres que são X- Hiperdimensionais e 1-B que são os seres X-Hiperdimensionais com poder infinito nesse plano e 1-A para seres que são X-HHD (Onde X é o número de planos Hiperdimensionais, até o momento não encontrei nenhum personagem X-HHHHH....∞....HHHHHD, mas nosso sistema pode se adaptar caso algum apareça). Todos os seres 1-A infelizmente terão que ficar no mesmo nível e será resolvido um debate entre eles através do HAX e de quantas vezes eles são acima do Hiperdimensional padrão do verso.

No entanto, o real problema é outro. Definir o nível de um onipotente. A onipotência é algo diferente. Não é algo que pode ser mensurado, é mais um "o que posso fazer com todo o poder" do que "ter tal nível de poder". Caso nós coloquemos o nível de Onipotente algo com poder infinito como algumas pessoas pensam ainda estaríamos enfrentando a ideia de paradoxos, caso colocarmos o nível de onipotente como algo além da lógica então nós meros seres limitados pela lógica não podemos compreender então enfrentamos o problema de escala de seres além da onipotência.

Acima da lógica.jpg

Se onipotência não é limitado pela lógica então poderia haver seres que transcendem a onipotência visto que apesar de não haver lógica, a onipotência em si já não teria lógica fazendo com que todos os desfeitos de seres ditos como onipotentes sejam na verdade provas de seres que transcendem a onipotência.

Se colocarmos a onipotência como algo que é decidido pelo autor da obra, então encontramos um problema.

O motivo de não colocarmos seres totalmente ditos como sendo infinitos, todo-poderosos, onipotente, etc até quando não existem desfeitos deles é porque raramente a maioria deles consegue provar um estado dimensional acima de 5D.

Por isso vemos seres hiperdimensionais sendo listados como onipotentes, a VsBattles já lista seres onipotentes por serem transcendentais até para seres Hiperdimensionais infinitos (Eu repito que isso não é uma critica a VsBattles), no entanto acabamos de ver que tudo pode não passar de ser apenas um nível Hiperdimensional maior.

Assim como se espalha que um ser X+1D pelos olhos de um ser XD é onipotente então o "onipotente" que muitos acreditam não passam de um ser HHD. Ai que está, não tem como achar um nível para seres onipotentes e muito menos chegarmos a provar que algum personagem é onipotente.

Se aceitarmos onipotência apenas por menção de seres Hiperdimensionais estaríamos cometendo um erro não colocando coisas como a Chaos Force como onipotente por não haver menções de espaços hiperdimensionais. Será que é certo sermos injustos com os seres dimensionais apenas para sustentarmos o hype de personagens "ditos" onipotentes ou vamos de vez acabar de colocar personagem "X" como onipotente absoluto e passarmos a colocar ele de uma forma mensurável de verdade ?

Podemos ainda ter uma Hierarquia 0 para onipotentes, mas ela pode ficar mofando sem definição lógica e sem nenhum personagem nela.


  • POR FAVOR note que isso é apenas a MINHA opinião. NADA disso ainda foi colocado como opinião da wikia.

Física vs Ficção: A culpa é do Plot

Meus métodos de analisar a ficção são duramente criticados por muitas pessoas, grupos inteiros e se duvidar deve até terem países que são contra isso.

NÃO use cálculos na ficção. NUNCA pense em usar cálculos na ficção. Ela tem suas próprias regras, próprias leis e não seguem leis da física. Usar cálculos em obras da ficção é uma piada
Muitos Argumentadores



O que acontece nisso é uma distorção no conceito de física. Primeiro de tudo você deve saber, o que é física ?

Física (do grego antigo: φύσις physis "natureza") é a ciência que estuda a natureza e seus fenômenos em seus aspectos mais gerais. Analisa suas relações e propriedades, além de descrever e explicar a maior parte de suas consequências. Busca a compreensão científica dos comportamentos naturais e gerais do mundo em nosso torno, desde as partículas elementares até o universo como um todo. Com o amparo do método científico e da lógica, e tendo a matemática como linguagem natural, esta ciência descreve a natureza através de modelos científicos.
Wikipédia



Tudo o que a física faz é por em números o que já ocorre na realidade. E a ficção é em sua maioria baseado na realidade. Quando vemos a maioria das cenas podemos observar claramente fenômenos físicos como velocidade, gravidade, trocas de calor, óptica, etc.

Tudo o que a nossa física faz é esclarecer em formulas o que ocorre. Um autor não precisa saber todas as leis da física, mas ao criar um mundo parecido com o nosso eles acabam tendo que seguir (Ou pelo menos de forma próxima) mais de metade das leis da física. Entendam que "superar a velocidade da luz" não é motivo para dizer que nenhuma lei da física pode ser usada. Isso acontecer apenas indica que a obra em questão não segue o relativismo, mas ao mesmo tempo temos várias mecânicas físicas diferentes do relativismo que batem com o que aparece na ficção, no geral a mecânica clássica.

O fato de que em nosso mundo a mecânica clássica é uma física desatualizada por causa da relatividade, porque no nosso universo a velocidade da luz é o limite. Mas ainda existem formulas da física para universos assim e faz todo sentido usar elas. Muitas ideias de cálculos podem ser analisadas de forma simples. Por exemplo o tão criticado uso de massa-energia para criação ou multiplicadores de pulverização e atomização. Quer saber como observar ?

Pense que tem uma grande rocha. Depois parta essa rocha em dois com um golpe. Depois parta os dois pedaços em mais dois com outro golpe deixando no fim quatro pedaços de uma mesma rocha.



Depois pegue uma rocha idêntica e com um só golpe parta ela em 4 pedaços iguais.


Um único golpe vai ter que ter uma energia igual aqueles dois outros golpes da situação anterior. Falar que não se deve usar Fragmentação Violenta, Pulverização, Atomização, Destruição, etc é o mesmo que falar que aquele golpe da situação 2 teve uma quantidade de energia inferior ao total de energia da situação 1. É totalmente ILÓGICO.

"Mas isso é ficção, não é para ter lógica"

ERRADO. Pegue toda uma obra ficcional séria , pode apostar que em sua maioria tudo o que acontece nela são cenas cotidianas e correspondentes a conhecimentos no mínimos gerais dos acontecimentos do cotidiano. Apesar de não ser o "centro" da obra ainda é o que mais acontece. Se algum feito acaba indo além do que alguma lei da física presume então é a história que foi divergente, os acontecimentos contraditórios com a física é que devem ser o caso-a-caso e não a física em si.

A culpa de incoerências com o seu próprio mundo é do autor, assim como a culpa da falha na proporção de pixels também ser do desenhista. Se você quiser trabalhar com um feito incoerente com a física com explicação própria do autor pode usar, mas NINGUÉM deve reclamar caso se tente usar física na ficção. Existem suas incoerências, existem, mas tais incoerências são direcionadas para partes específicas da física que no geral são independentes quando analisados de forma superficial e que não impedem que outras formulas sejam usadas. Notem que autores podem sim usar e abusar de estupidez atribuída pelo plot, na realidade não existe problema nenhum em usar isso. No entanto tal costume contradiz a facilidade de usar o nosso sistema, cada um usa o sistema que quer e no nosso sistema franquias que acabam abusando do famoso PIS acabam sendo prejudicadas.

Também notem que PIS e coisas semelhantes aqui são o caso-a-caso, deve se mostrar que as cenas importantes tem contradições entre si para negar algum upgrade para hierarquias superiores ou downgrade para hierarquias inferiores. O PIS precisa ser provado.

Canon

Devo admitir que eu já tinha pensado em finalizar esse post, mas me lembrei que eu tinha que falar disso.

A canonicidade é um dos assuntos mais polêmicos que eu já vi no meio dos debates, é incrível como esse assunto pode iniciar guerras que duram anos e ainda não acabam.


A verdade é que em si canonicidade não importa. Parem de repetir coisas como "Fillers não tem força", "Só consegue isso no no-canon, agora vai no canon e vê no que dá", etc. Em si o conceito de canônico, pelo menos nessa Wikia, é:

Na ficção, o cânone é o material aceito oficialmente como parte da história em um universo individual dessa história.
Wikipédia


.

O que acontece é que por algum motivo que eu não sei qual é a definição de canon para muitos se tornou "aquilo que veio do autor original" como se as obras derivadas fossem uma aberração, que devem ser apagadas da existência e não servem nem para comparações entre versos.

Entendam de vez QUE QUALQUER COISA É CANÔNICA. Todas as derivações de uma obra são sim canônicas em cronologias determinadas. Tudo o que uma ordem canônica pode estabelecer é uma ordem de coerência maior ou menor em relação a outra ordem canônica. Da mesma forma que DB Manga > DBSuper é mais coerente que DB Mangá > DBGT, ambos são ordens canônicas e podem sim serem usadas, mas é claro que a cronologia que coloca DBGT como sendo depois do mangá de DB é massivamente mais incoerente que a primeira ordem canônica mencionada. Tudo depende de como a pessoa gosta de ver um universo, pessoas definem de certos modos e aquela que agradar mais acaba ganhando mais fãs. Uma frase que demonstra isso é uma afirmação de Leland Chee que estabeleceu a continuidade Holocron para Star Wars:

Você está perguntando ao Guardião do Holocron, então é claro que vou ser um pouco parcial ... A realidade é que um grande número de pessoas que viram todos os 6 filmes de Star Wars nunca jogaram um jogo de Star Wars, Visitou um site Star Wars, assistiu a um programa de televisão Star Wars, leu uma publicação da Star Wars ou comprou uma figura de ação ou um colecionável de Star Wars. Seria um grande desserviço descontar essas pessoas como fãs
Leland Chee



Não existe canon absoluto, tudo é apenas a opinião das pessoas. Se você prefere ver apenas obras X, Y e Z como canon então veja, é uma decisão apenas sua. Tudo o que a Wikia Infinitas Guerras pode fazer é priorizar uma ordem canônica que seja mais coerente e que agrade mais pessoas com melhores argumentos. Então PARE de reclamar exigindo provas de que obra X é feita pelo autor original. Também devemos avisar que dificilmente uma cronologia vai ser 100% coerente, contradições acontecem mesmo se for analisar apenas uma obra. Note que isso apenas indica uma liberdade maior em relação a canonicidade de uma franquia, no entanto caso essa ordem de canonicidade tenha um multiverso e múltiplas versões do mesmo personagem nesse multiverso então deve ser alertado de algum modo a versão de onde esse personagem vem, normalmente colocasse essa informação entre parêntesis no titulo da página do personagem.

Conclusão: Minha visão sobre a Wikia, agradecimentos e algumas críticas

Eu tenho boas expectativas sobre a Wikia, com um bom trabalho em conjunto ela pode crescer muito. Ela tem sim sua inspiração na VsBattles, isso não há como negar, mas trabalhando em conjunto podemos fazer um trabalho próprio e com suas diferenças como já apresentamos antes.

Claro que ainda temos muito caminho para andar e a burocracia da nossa Wikia dificulta as coisas, mas o maior motivo ainda é pela demora em que a maioria dos membros tem para abrir uma página e votar sim ou não para um post de aprovação. Para a Wikia Infinitas Guerras evoluir os nossos membros da equipe oficial devem evoluir também.

Não é algo criado por ódio a algum sistema ou opinião dos outros, é um trabalho próprio com seus objetivos próprios e que por algum motivo que eu não quero entender consegue me divertir. Com isso descobri muitos amigos e algumas pessoas em especial que me ajudaram muito, mas ainda tem algumas coisas que eu gostaria de falar para todos.


A todos que pedem ajuda para calcular algo por favor, entendam que eu não sou um físico. Minha vida não é física, eu ainda não sou um profissional na área, eu sou apenas um estudante do segundo/terceiro ano do ensino médio que fica fazendo alguns cálculos.


Não gasto dias aprendendo sobre física, matemática, histórias sobre ambas e coisas do tipo, eu posso errar MUITO, posso ter errado até em 90% do que eu disse até agora. Apenas me divirto fazendo alguns cálculos e ajudando outros. Ainda existem MUITAS formulas que eu não sei, que eu nem penso em imaginar. Não esperem que eu saiba de tudo.

Mas claro, nem sempre a culpa é minha por não saber. Entendam, quando você faz uma pergunta você deve ter dados o suficiente para conseguir achar uma resposta.

Perguntar "Qual a energia para destruir isso, aquilo, etc" não faz sentido se você não da todas as características possíveis. Se você me pede a energia para destruir dois planetas então tem que haver informações sobre massa, raio e distância dos dois planetas.

E isso são informações NECESSÁRIAS. Não existe "distância média entre dois planetas" ou "planetas comuns" que permitam uma analise mínima disso. Existem perguntas com tão poucas informações que parece as piadas sobre os testes do ITA perguntando a massa do Sol tendo conhecimento a massa de uma maçã.

Caso venham a mim perguntar algo por favor TENHAM INFORMAÇÕES O SUFICIENTE. Apenas isso, sinto muito se me empolguei em falar isso :v


Q&A

Q&A.jpg

Posso ter um conhecimento limitado, mas vou tentar resolver as perguntas de vocês de tempos em tempos. Agora eu irei responder perguntas que coloquei em dois grupos do Facebook

Se 4d seria criar/destruir um espaço 3d, o que classifica um 5d?
José José Rodrigo



O que é 13D?
Everton Amarildo



Responder a segunda pergunta falando da primeira. Isso é uma ideia errada. Um ser 4D pode com certeza destruir uma quantidade infinita de espaço 3D, no entanto esse não é o significado de um ser 4D. Um ser ND apenas pode ser definido por ter um número "N" de dimensões geometricas. A forma de se descobrir isso é variada. Normalmente a obra da indícios seja por menção direta ou por sistemas de camadas. De forma geral descobrimos que seres são 4D na ficção quando eles são capazes de constantemente destruírem estruturas espaço-temporais 4D. Para seres 5D isso é constantemente visto por seres que existem em uma camada acima de um multiverso 4D infinito. Novamente isso é apenas uma generalização, sempre deve ser analisado a partir do caso-a-caso se existe uma informação que pode trazer um maior número de camadas ou dimensões. O mesmo se aplica para seres 13D, mas com um número maior de camadas que ele precisa transcender.

Se mover com o tempo parado, ou, onde o tempo não existe, é velocidade infinita ou

além do conceito de velocidade?

Matheus Souza



Se mover com o tempo parado é bem simples. Se lembre que Velocidade é definido por Δs/Δt, se o tempo está parado então o Δt é igual a 0, sendo assim a velocidade é infinita. Se você está se movendo além do tempo então você está se movendo com um número maior de eixos temporais do que a redução de apenas um, sendo assim a sua velocidade é imensurável, ou seja é dimensionalmente superior ao seu nível dimensional. Se o tempo inicial foi apagado então para você continuar se movendo com velocidade diferente de 0 então você precisa poder se mover em outro eixo temporal, sendo assim é o mesmo que se mover em um lugar além do tempo convencional, também velocidade imensurável.

Qual o nível de força de quem quebra a realidade com socos (Superman, por exemplo? Isso é feito de força bruta?
José José Rodrigo



Isso depende do tipo de realidade, normalmente é se referindo a um espaço-tempo pelo o que eu sei. Se você está rompendo as barreiras da realidade/espaço-tempo então está apenas sendo infligido um tipo de força quadridimensional. Normalmente tal feito seria demais para um personagem, visto que é bem comum eles serem 3D. A solução que a Wikia encontrou para isso é incluir isso nas habilidades dos personagens, se ele é capaz de via HAX infligir dano 4D então esse golpe é infinitamente acima da resistência 3D. Para não tornar o feito inqualificável então nós consideramos que no geral personagens que destroem as barreiras do espaço-tempo, realidade e semelhantes seja com socos ou cortes são capazes de ignorar a resistência convencional. Mas lembre-se sempre de analisar o contexto da situação, em certos casos anomalias espaço-temporais definidas por caso-a-caso de inúmeros versos explicam essa situação não podendo assim colocar esse tipo de poder em sua tabela natural de poderes. Claro que isso tudo considerando a nossa Wikia, em outras Wikias que utilizam como base a física relativista apenas esse feito pode até ser limitado a nível Estelar. Pensando nisso caso prefiram podem generalizar isso a criação de buracos negros utilizando a formula de criação dos buracos negros (Energia = Raio x 1,8e+44), mas eu prefiro ficar com o método de considerar negação de resistência por ser mais coerente com nosso sistema (Isso caso a obra em questão não defina regras próprias da física como usando a física relativista acima de tudo, caso isso acontece aplique as regras do verso).

Por que geometria dimensional não funciona em HQs?
Fernando Soares



Funciona, o motivo de muitos falarem que não funciona decorre de certos acontecimentos contraditórios de seres de dimensões inferiores afetando seres de dimensões superiores. A explicação é simples, PIS. A explicação sobre dimensões faz total sentido e decorre de uma simples progressão até se superar a energia infinita. Se em algum momento isso se demonstra falho é apenas por causa de plot. Tudo isso já foi explicado antes, mas vou usar isso aqui para dar um aviso. Muitas pessoas descordam do uso de geometria dimensional não porque é errado, porque não aceitam que certos personagens são mais fortes que outros por serem de outra dimensão, e isso é engraçado porque não vejo essas pessoas tendo duvidas que elas são mais que infinitas vezes mais poderosas que as obras ficcionais bidimensionais que elas acompanham. É o mesmo motivo pelo qual existem pessoas que não aceitam que um personagem que fragmentou uma ilha está a mesmo nível de alguém que fez um grande buraco em solo de granito e atomizou o que tinha dentro. Aprendam que os olhos enganam, nem tudo é o que parece. A geometria dimensional funciona, o que ela não pode responder é um roteiro contraditório.

Alguem que manipula raios pode ter um aumento de força significativo a ponto de aumentar o Voltz em 80% durando um combate ? mesmo sendo limitado.
Peeh Souza



Sou PÉSSIMO em eletrodinâmica, mas pense assim. Voltagem é definido como a diferença de potencial elétrico e é calculado por U = R x I (Onde U é a ddp, R é a resistência e I é a corrente elétrica). Considerando que a resistência não muda então ele vai ter aumentado a corrente elétrica em 0,8 vezes formando assim 1,8I. A relação da corrente elétrica e energia é dado pela Lei de Joule que é definida por: Q = I² x R x t (Onde Q é igual ao calor, I é igual a corrente, R é a resistência e t é o tempo. Se ele aumentou para 1,8I então a equação vira > Q2 = 3,24I² x R x t. Substituindo "I² x R x t" por Q chegamos que o valor da energia de quem manipula raios e aumentou a voltagem em 80% se tornou 3,24 vezes acima do que era antes. Devo admitir, achei que fosse mais difícil :v

Comer algo 4D te torna 4D?
Joao Vitor Desu



Se um ser está comendo algo ele em um momento converte parte dessa massa em energia (Mesmo que apenas partículas se convertem em energia, E = MC²). Se você está comendo matéria 4D então você está absorvendo parte de energia 4D. Se você não explodiu com isso então ou você deve ser 4D, ou de alguma forma seu corpo tem algum HAX que permita a existência de energia 4D em você ou então é um típico Plot Induzindo Estupidez.

Como é medido a capacidade de de ser 4D e acima disso
Pedro Izufino



Como calcular o nível dimensional de 4d pra cima?
José José Rodrigo



Perguntas parecidas. Se você calcular de um ponto de vista 3D ou simplesmente de uma dimensão inferior ao feito você pode simplesmente generalizar para um feito mais que infinitas vezes tudo o que um ser 3D é capaz de fazer. Caso queria realmente calcular você deve colocar a energia crescendo em múltiplos eixos dimensionais e descobrir a resultante dela (Multiplicando o valor em todas as dimensões), mas não sei fazer isso :v Caso queria fazer algo simples basta calcular como se estivesse calculando um feito 3D (Visto que seres XD veem a sua dimensão XD assim como seres 3D veem a dimensão 3D) e analisar conforme a nossa tabela, mas lembre que esses Joules serão infinitamente acima dos nossos joules e para indicar isso você deve colocar o número de dimensões no Estado Dimensional.

Digamos que eu esteja caminhando, e a literal encarnação de um momento específico do tempo (Digamos, o ano de 2013) aparece diante de mim.

E mesmo ssndo a encarnação do tempo de um ano inteiro, eu a mato sem esforço algum. Como poderia mensurar esse feito?

Rian Eduardo



Esse ano também teria todo o volume do universo comprimido ? Pois bem, se sim basta você multiplicar a energia para se destruir o universo pelo número de momentos de plank. Um ano tem 31556926 segundos, usando está calculadora chegamos a um total de 5,85e+50 tempos de plank. Sendo assim uma energia 4D 5,85e+50 vezes acima do que a energia para destruir um universo 4D com volume universal e um instante de plank. Caso seja apenas um ser 5,85e+50 s sem ser m³s (Ou seja ser 1D ao invés de 4D) então você apenas de energia unidimesional. Você não fez mais do que o seu trabalho como ser 3D com isso :v

O que essa classificaçao de 4D-5D... significa exatamente? Como se diz se um personagem é 3D ou 3.498.725.026D? E, se existe uma hierarquia, como um ser 3D com poderes de 11D pode existir?



As duas primeiras perguntas já foram respondidas, agora a outra pergunta é complicado. Logicamente não deve existir, no entanto para resolver problemas de PIS que o próprio autor não se preocupa em resolver (Se é que ele é capaz de resolver) nós adotamos essa ideia para indicar exatamente isso, seres com um nível de poder ND, mas sendo N-XD. No geral isso pode explicar algumas coisas, como seres sendo mencionados como tendo poder infinito, eles podem apenas serem ser ND, mas dentro de si eles tem poder N+XD e sendo assim o poder dele seria realmente infinito da perspectiva dele. Não é algo que pode ser explicado como pode acontecer, é apenas uma solução para problemas, mas não sendo logicamente algo que possa ser explicado. É apenas algo aceito por convenção, do mesmo modo que vemos seres na ficção treinando e em pouco tempo chegando a níveis de energia mais de 1e+20 vezes acima do nível antes do treino, mesmo ele não tendo comido tanta coisa para converter em energia ou aumentado sua massa nós simplesmente aceitamos isso, não é para calcular nada vindo disso porque é algo sobrenatural. Essa sim é a real magia, algo sem explicações que serve para explicar algo que acontece na ficção.

É dito que um dimensional acima vê os de baixo como desenhos de papel, mas isso na explicação de 2D à 3D ... será que um 4D vê um 3D assim? E um 5D vê o o 4D da mesma forma? ... já que um 3D não se baseia simplesmente em seres inanimados, e alguns conseguem afetar os planos dimensionais acima e que estiver lá com certas skill
Boyka Do Messi



Sobre a primeira pergunta, de certa forma sim. Coloque um plano tridimensional, mas em um dos eixos é representado um conjunto de 10 dimensões, ao colocar em relação com outro eixo temos uma figura 2D que na verdade representa 11 dimensões. Isso é explicado por diferenças de perspectivas entre dimensões e a contração dimensional que eu mencionei mais acima do texto. Sobre como seres inferiores podem atingir superiores isso é devido a PIS, em certos casos podemos atribuir que são seres ND como tendo poder N+XD, mas como eles conseguem isso ai é apenas por conveniência da obra mesmo, não é algo que se possa demonstrar cientificamente.

Tem as teorias de viagem no tempo, entre elas a do lago que n importa se vc voltar ao passado, o futuro continuara o mesmo perantes seus atos, o mesmo q jogar uma pedra em um rio corrente como vemos em supernatural ,tambem a de que criasse uma nova linha do tempo baseado no que vc mudou naquela realidade, que vemos em db, e a que vejo sendo citada em varias obras ficcionais, do paradoxo, o classico "se eu voltar no passado e matar meu pai antes de eu nascer como eu voltaria no passado pra matar ele?" normalmente ficção dizem q criar um paradoxo destruiria o espaço tempo, como especificamente um paradoxo poderia destruir o espaço tempo?
João Victor Queiroz Ramos



Excelente pergunta, mas como você mesmo disso isso depende de ficção para ficção e não existe um exato padrão para isso. Eu consumo colocar como padrão a ramificação do espaço-tempo, ele já existe e nossas ações apenas vai nós direcionando por um caminho já existente (Usem esse exemplo de Steven Universe como uma explicação). Sobre como um paradoxo destruiria o universo, isso também é convenção de plot, mas caso queria uma explicação pense um pouco. Pegue um computador, ele tem uma programação e deve seguir ela, ele só consegue fazer aquilo que sua programação diz e caso você tente mudar alguma peça de seu sistema apagando algo importante ele para de funcionar, quando você está usando e tem a burrice de deletar uma pasta do sistema operacional o computador para de funcionar, reinicia, ele pode tentar corrigir o problema, mas não consegue. Ele simplesmente já era porque você fez uma coisa que o sistema operacional não consegue interpretar sem. Alterar a linha do tempo em um universo continuo e sem ramificação de linhas do tempo seria desse jeito, no caso quando um universo altera o futuro e tenta corrigir o paradoxo é quando o universo conseguiu resolver o problema assim como existe uma chance do notebook se recuperar depois de reiniciar (Que é quase nunca para mim ;-;) e um universo que é destruído pelo paradoxo é quando o universo não consegue corrigir o problema assim como computadores normalmente não conseguem voltar de uma BSOD (Pelo menos para mim ;-;).

uma habilidade que você vai do mundo 3D pra outra dimensao, e quando ataca só uma parte volta pro mundo 3D, apagando uma parte a levando para outra dimensao... representaria algo de uma dimensionalidade superior ou algo do tipo ?
Matheus Natan Inacio



O que pode estar complicando ai é o significado de mundo 3D, a outra dimensão pode ainda ser apenas tridimensional e a escolha de mundo 3D é dada apenas por estilo. Mas considerando que a outra dimensão seja de um plano com número de eixos dimensionais diferentes de 3 então deixa eu ver... Eu realmente não entendi muito dessa habilidade, ela não está muito clara para mim, mas eu vejo como ataque de BFR dimensionalmente diferente, pode ter haver, mas infelizmente isso não ficou muito claro para mim.

Um personagem que viaja através do tempo com velocidade apenas é um feito de que nível?
Eu mesmo



A resposta é simples. Se ele é um ser 3D é um feito de velocidade imensurável. Sim eu SEI que existem teorias de que apenas necessita de uma velocidade superior a luz para isso, mas isso apenas por causa da estrutura do NOSSO universo que é uma estrutura relativista. Universos newtonianos não sofrem com NADA de diferente em relação a velocidades FTL. Caso você esteja viajando no tempo você está se deslocando pelo eixo do tempo, para se deslocar pelo eixo do tempo sendo um ser 3D de espaço você precisa sim se deslocar através de uma existência 4D e por padrão no site você é um ser que está com velocidade imensurável. Claro que algumas franquias dizem que isso pode ocorrer apenas com uma velocidade FTL, mas isso entra em contradição com outros acontecimentos FTL que ocorreram na franquia, mas não se mostraram ocorrer viagem no tempo. Então sim, viagem temporal é um feito de velocidade imensurável para seres que não tem dimensão de tempo (Como um ser 3D se movendo no espaço-tempo 4D) e assim deve ser dito a menos que a obra afirme que o universo permite esse tipo de viagem com velocidades não imensuráveis. Mas por favor note que do mesmo modo é possível que um personagem esteja viajando no tempo via Manipulação Temporal, é necessário provar que ele está fazendo isso com a velocidade e não com HAX e mesmo assim é capaz de que tal capacidade seja considerado um feito acima do que deveria ocorrer, um outlier.


O que você aprendeu

  • Você aprendeu que nomes não importam em sua maioria. Esqueça o hype causado pelas palavras universo, multiverso, omniverso, etc. Sem explicar de um modo geral o significado dessas palavras então é o mesmo que um feito inqualificável.
  • Geometria dimensional é sim aplicável na ficção e assim como falha de uso de algumas leis da física a culpa disso é do autor da obra e não do sistema de geometria dimensional.
  • Não é realmente possível definir um onipotente, é melhor que a Wikia não tenha onipotentes.
  • Feitos de energia cinética podem SIM serem calculados a velocidades FTL em versos newtonianos.
  • O padrão da Wikia é uma mecânica clássica expandida para níveis dimensionais superiores.
  • Viagens no tempo são sim imensuráveis em certos casos.
  • Apesar de eu defender o uso de física na ficção, é claro que em muitos casos ocorrem coisas sem explicação por conveniência do plot. Por se tornarem constantes soluções sem explicação são adotadas para explicar o que a física não explica, isso sim é magia.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória