FANDOM


Ares god of war
É o melhor que você pode fazer, pai? Você mandou um pobre mortal para me derrotar? O Deus da Guerra?
Ares



SobreEditar

Ares é o Deus da Guerra original e principal antagonista de God of War. Junto de Atena, ele invadiu a cidade de Esparta em busca do Guerreiro Marcado, que, de acordo com a profecia, destronaria Zeus e destruiria o Olimpo. Ares então capturou Deimos, o irmão mais novo de Kratos e o levou para o Domínio da Morte, onde ele foi torturado por muitos anos, por Tânatos, o Deus da Morte. Anos depois, Kratos cresceu e se tornou o general espartano. Em guerra contra os bárbaros, o exército de Kratos não teve chances, o que levou ao espartano a fechar uma aliança no desespero com Ares. O Deus da Guerra ouviu suas preces e exterminou os bárbaros. Mas tal serventia teria um preço: Kratos teria que carregar consigo as Lâminas do Caos, forjadas pelo próprio Ares como sinal da servidão.

Cobiçando o Olimpo, Ares fez uma aliança com as Fúrias e com Alecto teve um filho; Orkos. Desapontado pelo garoto por não se tornar o guerreiro que destronaria Zeus e clamaria o trono, ele o desprezava, mas Orkos foi poupado pelas Fúrias e elas fizeram dele o Guardião do Juramento. Ares esperava que Kratos voltasse para ele, mas durante o triunfo de seu campeão perante às Fúrias o plano foi arruinado quando Kratos as matou e, por misericórdia, também matou Orkos, quebrando o vínculo do Fantasma de Esparta com o Deus da Guerra.

A inveja de Atena então caiu sobre Ares e como resultado, aos poucos ele destruía Atenas. Como Zeus proibia confronto entre os deuses, Atena enviou Kratos em uma jornada em busca da Caixa de Pandora, a única fonte de poder suficiente para dar a um humano o poder de derrotar um deus. Sabendo do sucesso do espartano, Ares atirou um pilar contra Kratos e o matou, e depois clamou a Caixa de Pandora para si. Com a Caixa em posse, o Deus da Guerra desafiava Zeus e ameaçava usar a mesma contra o Olimpo. Parecia tudo perdido, até que Kratos, voltando do Submundo, mais uma vez apareceu, recuperou a caixa e reclamou seus poderes. Tendo agora um adversário a altura, Ares começa uma batalha final contra seu antigo servo.

Poderes e EstatísticasEditar

Classe: 6-B

Nome: Ares

Obra/Franquia: God of War

Sexo: Masculino

Idade: Pelo menos milhares de anos

Classificações:Deus da Guerra

Poderes e Habilidades: Características Físicas Sobre-Humanas, Mágica, Telepatia, Telecinese, Manipulação de Fogo (Níveis 1 e 2), Pode atirar meteoros e erguer montanhas, Voo, Regeneração (Nível Celular F), Mudança de Forma, Manipulação do Tamanho, Pode sentir seres a milhares de quilômetros de distância, Imortalidade (Tipo F), Pode garantir poderes a outros seres, Materialização, Pode criar dimensões de bolso para prender seus inimigos (e manipular a realidade dentro das mesmas), Teletransporte, Detém controle sobre as guerras causadas no mundo

Dimensionalidade: 3 cordas

Ataque: Nível País (Um dos deuses mais poderosos do Olimpo, superando seres como Hélios. Capaz de fazer montanhas de chocarem, dizimar exércitos com telecinese e incendiar áreas montanhosas)

Velocidade: Massivo Hipersônico+ (Mais rápido que seres como o Hipocampo. Desceu do Olimpo até terra firme em segundos. Capaz de facilmente acompanhar a trajetória de seu pilar. Foi castigado por séculos a se desviar dos raios de Zeus)

Força de Elevação: Classe H

Força do Soco: Classe ZJ (Capaz de trocar golpes com Kratos)

Defesa: Nível País (Capaz de levar vários golpes de Kratos e até mesmo ser perfurado com as protusões que nasceram de suas costas. Seu corpo sobreviveu à explosão causada pela sua morte)

Vigor: Níveis massivamente super-humanos (Passou dias destruindo a cidade de Atenas. Durante séculos teve que se desviar dos raios de Zeus)

Alcance: Dezenas à centenas de metros devido ao tamanho, dezenas de quilômetros com magia (Pode incendiar áreas montanhosas e dizimar exércitos)

Inteligência: Superdotado e gênio de batalha. (Como um Olímpico, é naturalmente superior a qualquer ser humano. Tem controle sobre os conflitos da Terra e experiência de séculos em batalha)

Fraqueza(s): Arrogante, como a maioria dos Deuses Olímpicos

EquipamentosEditar

  • Espada de Ares: A espada flamejante do Deus da Guerra, usada pelo mesmo na batalha final contra Kratos. Fincando a ponta de sua espada no chão, Ares é capaz de erguer montanhas e chocá-las contra os inimigos, além de poder executar golpes fatais em combinação com o fogo.
  • Martelo: Uma das armas que pode materializar. Com o martelo, Ares pode criar ondas de choque ao chocá-la contra o chão e também atirar torrentes de fogo.
  • Machado: Uma das armas que Ares pode materializar. Usando o machado, Ares pode executar ataques cortantes devastadores.

Técnicas notáveisEditar

  • Pirocinese: A habilidade mais comum do Deus da Guerra. Sua afinidade com o fogo faz com que Ares possa moldá-lo de várias maneiras como bolas de fogo, rajadas, ondas etc..
  • Telecinese: Com essa habilidade, Ares foi capaz de destruir o exército dos bárbaros.
  • Convocação: Ares é capaz de erguer montanhas e atirar meteoros em oponentes. Ele também é capaz de materializar armas como espadas, martelos e machados.
  • Manipulação da Realidade: Em sua dimensão de bolso, Ares é capaz de manipular a realidade, podendo criar quasares, cópias de seres vivos e dar a eles habilidades como a capacidade de atirar raios.

OutrosEditar

Vitórias notáveis:

Derrotas notáveis:

Batalhas inconclusivas: